Skip to main content

Fidelidade e traição entre cães e seres humanos - Página 12

Página 12 de 12

[continuação]

cao_gradesO que torna essa situação ainda mais complexa é que, por trás de atitudes muitas vezes aparentemente mais sensíveis, pode existir um substrato nebuloso em que o homem acaba quase sempre impondo sua vontade, poder, força, capacidade intelectual, necessidade, crença e interesse econômico. Estima-se que hoje, no Brasil, existam cerca de 29 milhões de cães domiciliados. Qual o número dos que vivem nas ruas? Difícil saber. Para suprir parte desse fabuloso mercado formal, somente em São Paulo é possível encontrar mais de 1.300 pet shops. Num mundo como este, cães e outros animais são transformados em objetos de consumo e, em muitos casos, são descartáveis.

Ainda assim, é importante nunca esquecer que é também do centro desse gigantesco cadinho que se fundem, que nascem as mais profundas manifestações de respeito e convivência.Talvez tenhamos buscar inspiração não no curto espaço de tempo de apenas 6 mil anos conhecido como História. Talvez esteja no período anterior, na Pré-história, naquele tempo profundo e quase desconhecido, ou mais especificamente nas relações das mulheres do Paleolítico Superior com os filhotes de lobo, a chave e a centelha para uma melhor convivência com todas as espécies animais que ainda nos cercam.

Fonte: www2.uol.com.br/sciam/reportagens/fidelidade_e_traicao_entre_caes_e_seres_humanos.html

Nelson Aprobato Filho é doutor em história pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo com a tese O couro e o aço. Sob a mira do moderno: a “aventura” dos animais pelos “jardins” da Pauliceia, final do século XIX / início do XX, defendida em 2007. Autor do livro Kaleidosfone
– As novas camadas sonoras da cidade de São Paulo, fins do século XIX – início do XX publicado pela Edusp/ Fapesp em 2008, trabalho originalmente defendido como dissertação de mestrado. Atualmente é teaching assistant e program assistant do Department of Romance
Languages and Literatures da Harvard University, EUA.
Página
  • Criado por .
  • Acessos 58420