Skip to main content

Os animais de países de Língua Portuguesa ganharam mais uma proteção

01quoll_f.gifA Rádio Animal Livre.

www.radioanimallivre.com

Com estúdios em Indianápolis, a capital do Estado de Indiana e o novo destino de brasileiros, a rádio é transmitida pela Internet 24 horas, ininterruptamente.

De acordo com David Monchberg, membro da Sociedade Protetora dos Animais de Indiana (www.ispca.org ) , a emissora vem ao ar com o objetivo de educar os povos de língua portuguesa sobre os direitos dos animais. Segundo ele, o Brasil tem um grande público para a rádio. "Alem de ser um país conhecido pela imensa riqueza de sua fauna é, também, o de maior população católica do mundo. Pela primeira vez na História, um papa vem condenando publicamente crueldade cometida contra animais", enfatiza Moncheberg.

 Ele destaca que a rádio é e americana, transmitida em Português, e, portanto sujeita à legislação americana, o que favorece o projeto. "A Constituição dos Estados Unidos garante liberdade de expressão", ressalta Monchberg.

A proposta da rádio, que partilha da doutrina da ISPCA (Indiana Society for the Prevention of Cruelty to Animals) e Peta (People for The Ethical Treatment of Animals), é conscientizar de que animais não estão na Terra para alimentar, vestir o ser humano. "Nós somos contrários ao uso de animais em experiências científicas e à sua exposição em zoológicos e circos", acrescenta Monchberg.

A nova emissora já está recebendo apoio da sociedade brasileira. Segundo a diretora operacional da Southwest Turismo (www.southwestturismo.com), Rosângela Freitas, é importante apoiar novos projetos que promovem direitos dos animais e meio-ambiente. "Não concordamos 100% com as diretrizes da nova rádio, mas não poderíamos deixar de apoiar um projeto desta dimensão."

 

  • Criado por .
  • Acessos 5294