Skip to main content
O que não fazemos

Evitamos "reacts" de produtos ou marcas:

Não aderimos à prática de "react" de produtos ou marcas. Entendemos que nesse processo não há vencedores verdadeiros. Frequentemente, influenciadores recebem incentivos das marcas para promovê-las positivamente. Mesmo no caso de um influenciador que não receba contrapartidas, ele pode acabar depreciando o produto, desvalorizando assim o esforço de empreendedores veganos em um mercado já desafiador no Brasil. Preferimos deixar que o próprio mercado avalie a qualidade dos produtos, criando demanda ou rejeição naturalmente. Se um produto for bom, prosperará; se não for, desaparecerá.

Contra o culto a personalidades:

Não promovemos nem incentivamos o culto a personalidades. Acreditamos no poder da informação em si, sem a necessidade de criar líderes carismáticos ou figuras semelhantes a líderes de seitas.

Imprensa marrom vegana:

Nos posicionamos firmemente contra a divulgação de fofocas ou reações a celebridades que eventualmente abandonam o veganismo. Defendemos uma visão pragmática: é preferível ser um "vegano imperfeito" a desistir completamente. Reconhecemos que flutuações no compromisso com o veganismo são normais, devido a pressões sociais, familiares ou outras circunstâncias. Não apoiamos a ideia de um "policiamento vegano" rigoroso, pois isso apenas reforça a percepção negativa do veganismo como seita fanática.

Ceticismo sobre carnes cultivadas em laboratório:

Não apoiamos o hype em torno das carnes cultivadas em laboratório. Temos reservas quanto à sua viabilidade técnica, econômica e às questões éticas relacionadas à origem das células utilizadas. Acreditamos que o foco deve estar no desenvolvimento de alternativas baseadas em plantas, cada vez mais acessíveis e de qualidade, bem como na dieta vegetariana tradicional, sem dependência de substitutos da carne. Para mais informações, recomendamos a leitura do artigo de uma especialista americana sobre o assunto.

Publicidade de produtos de terceiros:

Não realizamos propaganda paga de produtos de terceiros em nosso site www.guiavegano.com.br. Os banners exibidos pertencem à nossa loja ou a parceiros e amigos do projeto, que não pagaram por essa divulgação. Nosso objetivo é manter um ambiente limpo e livre do excesso de publicidade, comum em outros portais.

Humildade e colaboração:

Não sofremos do complexo de "Rede Globo"; nunca nos consideramos os maiores ou os melhores. Desde o início, sabíamos que outras iniciativas surgiriam, e nosso papel pioneiro seria eventualmente diluído. Isso é parte de um ambiente democrático e diversificado. Acreditamos que a união, mesmo que descoordenada, é fundamental para o objetivo comum de libertação animal.