Skip to main content

Mate Leão

------------------------- Forwarded message -------------------------
Para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e também para outras entidades responsáveis por zelar pela saúde dos consumidores ao redor do mundo, existem 3 tipos de aromas:

a) o artificial: imita o aroma original da fruta ou de outro alimento, porém é elaborado industrialmente, com substâncias diferentes das existentes na fruta ou alimento imitado.

b) o idêntico ao natural: imita o aroma original da fruta ou de outro alimento, é elaborado industrialmente, no entanto, com substâncias idênticas às encontradas na fruta ou alimento imitado.

c) o natural: é extraído da própria fruta ou alimento.

Os aromas artificiais são de custo bastante reduzido, exatamente por conterem substâncias químicas diferentes do original, na maioria das vezes de baixo custo e que não fazem parte da dieta comum das pessoas.
Estes aromas quase sempre possuem algum tipo de limite no uso por poderem causar algum tipo de rejeição pelo organismo do consumidor. Os aromas idênticos ao natural são de custo bem maior que os artificiais, exatamente por conterem substâncias idênticas às encontradas nas frutas e alimentos, e portanto de consumo comum pelas pessoas. Estes não têm risco de rejeição ou efeitos adversos ao serem consumidos. E por fim, não é necessário falar da segurança do uso de aromas naturais, no entanto, de custo elevadíssimo, acaba se tornando inviável para certos tipos de alimentos.

Por este motivo, a Leão Junior optou por trabalhar com aromas idênticos aos naturais, que não trazem risco algum à saúde do consumidor. E em alguns produtos também utilizamos aromas naturais, porém nunca utilizamos os artificiais. Para a empresa seria muito mais vantajoso utilizar os artificiais, porém isto não atenderia o objetivo da empresa que é ofertar a seus consumidores alimentos saudáveis e seguros."

  • Criado por .
  • Acessos 14547